Você já ouviu falar sobre a andropausa?

09/08/2019 10:15:52

Conhecida como a menopausa masculina, essa condição afeta especialmente os homens acima dos 40 anos de idade.


Ao contrário do que a maioria da população imagina, não são apenas as mulheres que sofrem com os sintomas das quedas hormonais com o avançar da idade. Nos homens, as taxas de testosterona, o hormônio sexual masculino, começam a cair.


Com o avançar da idade, ocorre uma queda natural da síntese de testosterona pelo organismo dos homens. No entanto, mesmo com a produção mais baixa, os níveis do hormônio sexual masculino continuam dentro da faixa da normalidade e a fertilidade não é encerrada. Portanto, a andropausa é um processo bem mais leve que a menopausa feminina.


Em alguns casos, a queda da testosterona pode ocorrer a partir dos 35 anos, como se fosse uma menopausa precoce. Essa situação está muito relacionada com a genética e hereditariedade, mas também com hábitos de vida. Entre os principais fatores desencadeantes da andropausa estão:


- Obesidade;

- Hipertensão;

- Diabetes tipo 2;

- Estresse;

- Tabagismo e alcoolismo;

- Disfunções tireoidianas;

- Insuficiência renal;

- Medicamentos que afetam os testículos.


Ao contrário da menopausa, a andropausa não possui sintomas tão marcantes como as fortes ondas de calor que surgem após a interrupção da menstruação. Confira quais são os sintomas mais comuns nessa fase:


- Indisposição e muito cansaço;

- Queda de pelos e cabelos;

- Alterações no humor e irritabilidade;

- Diminuição da libido;

- Disfunção erétil.


Além disso, durante a andropausa, os homens também apresentam maior tendência em perder massa muscular e óssea, assim como acumular gordura na região abdominal.


Tratar a andropausa é muito fácil: basta procurar um médico para que ele diagnostique sua condição por meio de dosagens sanguíneas e prescreva um tratamento de reposição hormonal

Fonte: Boa Consulta